Pesquisar este blog

domingo, 20 de agosto de 2017

O QUE É CÂNCER DE MAMA?

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve nos seios. Todo câncer é caracterizado por um crescimento rápido e desordenado de células.
Quando as células adquirem características anormais, células dos lobos mamários, células produtoras de leite ou dos ductos por onde é drenado o leite, podem causar uma ou mais mutações no material genético da célula. Esta doença acontece quase exclusivamente em mulheres, porém existem casos de homens com câncer de mama também.
Algumas mutações possuem a capacidade de fazer com que uma célula apenas se divida, mas não tenha a capacidade de invadir outros tecidos, estes são chamados de tumores benignos ou não cancerosos.
Para uma célula ser considerada cancerígena é necessário que ocorram mutações no material genético de uma ou mais células e estas adquiram a capacidade não só de se dividir, mas também de evitar a morte celular. Este seria o ciclo normal de vida de qualquer célula do organismo, contudo quando elas invadem os tecidos adjacentes, a doença se instala.
É necessário ficar atenta aos sintomas, fazer o check-up anual para os exames preventivos e fazer o tratamento assim que a doença for descoberta.

Sintomas do câncer de mama

O câncer de mama inicialmente é assintomático. As formas mais fáceis de se descobrir logo no início são por exames como mamografia, ultrassom ou ressonância magnética. O exame de toque também é importante, ao notar qualquer alteração na mama, agende uma consulta médica.
Algumas alterações físicas das mamas podem ser indícios de câncer de mama. Quando há presença destes indícios, é possível que a doença esteja em um nível avançado.  Fique de olho em alguns sintomas:
  • Dor ou inversão do mamilo
  • Vermelhidão ou descamação do mamilo ou da pele do      seio
  • Aparecimento de nódulos (caroços) no seio ou na  axilas,  podendo apresentar dor ou não, serem duros e  irregulares ou macios e redondos
  • Presença de secreção pelo mamilo, sanguinolenta ou    não
  • Inchaço irregular em parte da mama, que pode ficar  quente e vermelha.
  • Irritação ou retração na pele ou aparecimento de rugosidade semelhante à casca de laranja
  • Nos casos mais adiantados, é possível aparecer ulceração na pele com odor desagradável
Um caroço na mama não significa necessariamente câncer. Grande parte dos nódulos mamários são cistos e adenomas benignos. As mamas se modificam naturalmente ao longo do ciclo menstrual, porém, ao notar as alterações e sintomas descritos acima, é essencial ser consultado rapidamente.

Autoexame de mama

É muito importante que as mulheres, uma vez por mês, façam o autoexame da mama. O autoexame é uma medida importante para identificar nódulos de um possível câncer de mama. Esse procedimento é preventivo e deve ser realizado todos os meses, sempre após o período menstrual.
É essencial estar atenta a alterações como retração da pele ou do mamilo, inchaços, assimetria, avermelhamento, secreção com sangue e gânglios que surgem nas axilas, crescentes ou não.
O autoexame não deve ser o único método preventivo, já que o câncer de mama pode ser imperceptível ao toque. Por isso, é indicado visitar anualmente o ginecologista e/ou mastologista para fazer os exames necessários, como a  mamografia, ultrassonografia mamária e ressonância magnética.


Se Preferir pode assistir o Vídeo 


Como fazer o autoexame da mama


Para realizar o autoexame da mama é importante fazer a avaliação em frente ao espelho, em pé ou deitada:

Frente ao espelho

Deve-se ficar nua  em frente ao espelho e observar o tamanho, forma e cor das mamas, assim como inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades.
Primeiro, deixar os braços para baixo, depois levantar os braços e observar as mamas; por fim, coloque as mãos apoiadas na bacia, fazendo pressão para observar se existe alguma alteração na superfície da mama.

Autoexame em pé

Em pé, o melhor momento é quando a mulher está no banho com o corpo molhado e as mãos ensaboadas.
Levante o braço esquerdo, colocando a mão atrás da cabeça e apalpe cuidadosamente a mama esquerda com a mão direita com movimentos circulares. Repita este passo para a mama do lado direito.
Ao se apalpar é necessário que a mulher faça com os dedos da mão juntos e esticados em movimentos circulares em toda a mama e de cima para baixo. Depois pressiona-se os mamilos suavemente para observar se existe a saída de qualquer líquido

Autoexame deitada

Para fazer o autoexame deitada é preciso deitar e colocar o braço esquerdo na nuca, colocando uma almofada ou toalha debaixo do ombro esquerdo para ficar mais elevado e mais confortável. Apalpe a mama esquerda com a mão direita e depois faça o mesmo procedimento com a direita.

Fatores de risco e complicações no câncer de mama

Um fator de risco é algo que afeta as chances de se adquirir alguma doença, como por exemplo, o câncer. Embora os fatores de risco possam influenciar o desenvolvimento da doença, a maioria não a causa diretamente.
Ter algum fator de risco, não significa que você vai ter a doença. O câncer de mama é, em partes, decorrente de uma série de fatores de risco como, por exemplo, gênero, idade, fatores genéticos, histórico familiar e pessoal, raça e etnia, mamas mais densas, doenças benignas na mama, menstruação e radioterapia no tórax. Estes são alguns dos fatores que podem influenciar no desenvolvimento da doença.
Alguns fatores são relacionados ao estilo de vida, como por exemplo: ter o primeiro filho após os 30, não ter filhos, o uso de pílulas anticoncepcionais aumenta o risco de câncer de mama, reposição hormonal após a menopausa, amamentação, obesidade e uso de álcool estão claramente associados a um aumento do risco de se desenvolver câncer de mama.

Exames e Diagnóstico do câncer de mama


O autoexame da mama é um procedimento mensal que se deve fazer sozinha. Contudo, anualmente é necessário a realização de um
check-up com seu mastologista ou ginecologista. Após análise de seu histórico, o médico irá pedir uma
ultrassonografia, uma mamografia 2D, mamografia 3D (tomossíntese) ou mesmo uma ressonância magnética. O diagnóstico de câncer de mama somente
pode ser estabelecido quando é realizado uma biópsia na área suspeita por um patologista e assim sendo laudada como um câncer ou não.

O rastreamento e a investigação diagnóstica de um nódulo palpável é feita com base na mamografia. Quando o médico pede o ultrassom das mamas, é para dar complemento à mamografia, ajudando na diferenciação de cistos e nódulos.
Já a ressonância magnética é recomendada para o rastreamento apenas de mulheres com alto risco, pacientes com uma história familiar confirmada ou suspeita, pacientes sabidamente predispostas geneticamente ao câncer ou que já tiveram um primeiro câncer de mama.

Tratamento do câncer de mama

Após a detecção da doença com os exames necessários para o diagnóstico do câncer de mama, é necessário iniciar os tratamentos. Há dois possíveis tratamentos para o câncer de mama, um clínico e um cirúrgico.
Os tratamentos cirúrgicos envolvem a retirada da mama, a mastectomia, ou parte dela. Os tratamentos clínicos envolvem vários tipos de medicamentos, como os quimioterápicos, os hormonais e também a radioterapia, que deve ser empregada logo após o tratamento cirúrgico.
Após o tratamento é possível fazer a reconstrução da mama, com o próprio mastologista ou cirurgião plástico, colocando implantes mamários, que naturalmente influenciarão na auto estima da mulher e consequentemente na parte psicológica feminina.

Prevenção do câncer de mama

O câncer de mama ainda não tem prevenção. O diagnóstico precisa ser realizado o mais cedo possível, utilizando-se para isto todos os exames de imagens possíveis. É necessário que façam o autoexame das mamas uma vez ao mês.
E quando a mulher chegar aos 40 anos, a mamografia começa a ser um exame importante para a detecção da doença. É recomendado que seja feito pelo menos uma vez por ano.
O melhor modo de prevenção da doença é estar em dia com os exames, para que não ocorra a detecção tardia com a doença em estágio avançado.

Câncer de mama tem cura?

Todo o câncer de mama é tratável, porém nem todos são curáveis. É preciso identificar a fase em que o tumor foi diagnosticado, para encontrar os melhores procedimentos para tratar a paciente.
O tratamento curativo se aplica aos tumores que estão localizados na mama ou até mesmo com metástase axilar, mas que não atingiram outros órgãos. Sendo assim, o foco é na cura do paciente.
O médico utilizará para o tratamento oncológico a cirurgia, a quimioterapia, a hormonioterapia e a radioterapia. Todos são tratamentos utilizados para o restabelecimento da saúde do paciente.



segunda-feira, 22 de maio de 2017

Tratamento Completo com Capiviton + Minoxidil: o melhor tônico capilar do mundo

Com tantos laboratórios pesquisando tratamentos para queda de cabelos no mundo todo, é uma surpresa descobrir que um dos candidatos mais fortes ao troféu de Melhor Tônico Capilar foi descoberto por acidente!
Não estamos falando de um produto específico, na verdade, mas sim do minoxidil, o princípio ativo de vários produtos anti-queda conhecidos internacionalmente (Rogaine, Regaine, Neoxidil ,Tugain, Mintop, Ylox e Lacovin são alguns deles).



Com tantos laboratórios pesquisando tratamentos para queda de cabelos no mundo todo, é uma surpresa descobrir que um dos candidatos mais fortes ao troféu de Melhor Tônico Capilar foi descoberto por acidente!
Não estamos falando de um produto específico, na verdade, mas sim do minoxidil, o princípio ativo de vários produtos anti-queda conhecidos internacionalmente (Rogaine, Regaine, Neoxidil ,Tugain, Mintop, Ylox e Lacovin são alguns deles).


Uma das hipóteses mais divulgadas é a de que, por ser um vasodilatador, o minoxidil seria capaz de estimular a circulação sanguínea e a chegada de mais oxigênio e nutrientes para os folículos. Porém, como outras substâncias vasodilatadoras não produzem o mesmo efeito, acredita-se que o mecanismo de atuação seja um pouco mais complexo.
Outra possível explicação seria a capacidade do minoxidil de abrir os canais de potássio nas membranas celulares, que controlam várias funções e podem interferir no ciclo de vida dos cabelos.
O fato é que o minoxidil parece aumentar o tamanho dos folículos e prolongar a duração da fase anágena dos fios.

Vejam o Vídeo com o Tratamento Completo com Capiviton + Minoxidil, Capivitol age de dentro pra fora e o Minoxidil age de fora pra dentro, ou seja diretamente nos fios.

Vejam mais dicas no Canal Luma Vergara tudo sobre beleza, saúde e culinária.



Várias pessoas observam um período de queda acentuada dos fios logo após o início do tratamento, e em seguida os resultados do produto começam a aparecer. Acredita-se que essa queda inicial (chamada de shedding) aconteça porque o minoxidil anteciparia a saída dos fios que já se encontram na fase telógena, para que novos fios na fase anágena possam nascer.
Qualquer que seja o mecanismo real de atuação do minoxidil, ele não parece afetar diretamente a produção ou a atividade do hormônio di-hidrotestosterona (DHT), considerado o maior responsável pelos quadros de alopecia androgenética. Nesses casos, muitas pessoas observam resultados ainda mais encorajadores quando combinam o uso do minoxidil a algum outro tratamento que atue no nível hormonal, como a finasterida ou outros antiandrógenos.
Como em qualquer outro tratamento conhecido atualmente para a alopecia androgenética, os resultados obtidos com o minoxidil não são definitivos, e só se conservam enquanto durar o tratamento: caso ele seja interrompido, em algum tempo o padrão de avanço da alopecia será retomado normalmente.


Como se usa o minoxidil?

Aquela primeira versão do minoxidil, em comprimidos, não é considerada ideal para o tratamento da queda de cabelos porque a sua atuação é sistêmica, ou seja, impacta todo o organismo. Lembre-se que o remédio foi feito inicialmente para tratar a hipertensão: se for consumido por alguém com pressão arterial normal ou baixa, pode acabar causando problemas sérios de saúde.
Os tônicos capilares e demais versões tópicas (para aplicação direta sobre a pele, em forma de loção, creme ou gel) são mais seguros porque não permitem que o produto seja amplamente absorvido pelo organismo. As formulações geralmente são produzidas em concentrações de 2% e 5%.
A versão de 5% é contra-indicada para mulheres no Brasil. Acredita-se que por ser mais forte, ela possa vir a estimular o crescimento de pelos em outras áreas do corpo, como o rosto (portanto o uso de minoxidil 5% em mulheres é considerado off-label). Como não existem muitas pesquisas sobre o uso durante a gravidez e lactação, ele costuma ser desaconselhado nesses casos (o ideal é conversar com o seu médico para avaliar os riscos e benefícios).


produto deve ser aplicado duas vezes ao dia sobre as áreas afetadas, com o couro cabeludo seco. Existe uma variedade de aplicadores (em spray, conta-gotas e massageadores), mas sempre que você utilizar os dedos para aplicar ou massagear o produto, deve lavar bem as mãos logo em seguida. Para obter os melhores resultados, é recomendado deixar o produto em contato com o couro cabeludo por pelo menos 4 horas antes de molhar a cabeça.
Os efeitos podem levar de 2 meses a 1 ano para se manifestarem, portanto é necessário manter o uso prolongado para observar resultados satisfatórios. Os efeitos mais expressivos são observados em pessoas com menos de 40 anos, principalmente quando o quadro de queda de cabelos é recente (instalado há 5 anos ou menos) e a área tratada é pequena.
O minoxidil não deve ser aplicado sobre áreas irritadas, feridas ou sensíveis do couro cabeludo (não utilize se estiver com queimaduras de sol ou se tiver realizado algum procedimento químico recentemente, como descolorir os cabelos, pois pode causar reações desagradáveis como ardência e prurido). É recomendado evitar a exposição da área em tratamento ao sol, pois a pele pode ficar mais sensível. Algumas formulações contêm álcool ou propilenoglicol como veículo, substâncias que podem causar ressecamento do couro cabeludo e dermatites de contato: nesses casos, as fórmulas com lipossomas podem ser boas substitutas e promover a absorção do produto reduzindo a possibilidade de irritações.
Vale frisar que qualquer medicação, de uso sistêmico ou tópico, deve ser sempre prescrita e acompanhada por um médico, que vai analisar o seu quadro específico, avaliar possíveis fatores de risco (como contra-indicações e possíveis interações medicamentosas) e garantir a eficácia e segurança do seu tratamento. Se durante o uso do minoxidil você apresentar qualquer sinal de alergia, dor, inchaço, taquicardia, tonturas, ganho de peso súbito ou qualquer outro sintoma inesperado, interrompa imediatamente o uso e informe o seu médico.

Vale a pena utilizar o minoxidil?

A menos que você tenha sensibilidade ao produto, ou um quadro de alopecia extremamente severo e avançado (como nos casos de alopecia cicatricial, total ou universal), o minoxidil parece ser uma boa opção para integrar o seu arsenal contra a queda de cabelo – ele não seria o princípio ativo de alguns dos melhores tônicos capilares do mundo à toa, certo?
Uma das principais vantagens é que ele pode ser útil em vários quadros diferentes de queda de cabelos – no tratamento da alopecia androgenética clássica, na recuperação de áreas atacadas em episódios de alopecia areata, eflúvio telógeno e tricotilomania, ou para estimular o crescimento dos fios após um transplante capilar, por exemplo.  Além disso, a aplicação tópica reduz enormemente as chances de qualquer efeito colateral, e torna o uso do produto fácil e rápido de aprender.
O custo dos produtos tem deixado de ser um problema porque o minoxidil vem se tornando cada vez mais popular, com opções disponíveis no mercado variando desde a casa dos R$ 20 até acima dos R$ 200 (dependendo da quantidade de produto, duração do tratamento, apresentação da fórmula, método de aplicação, etc). Ou seja, tem pra todos os gostos – e bolsos :)
Os resultados não são rápidos nem milagrosos, e o ideal é que o minoxidil não seja o seu único tratamento contra a queda de cabelos – um produto sozinho não costuma ser tão eficaz quanto um kit que ataque o problema por várias “frentes” diferentes. Mas com paciência e disciplina, ele pode ser sim uma adição valiosa ao seu arsenal anti-queda!

Para adquirir o Tratamento Completo acesse o Link:  https://www.bspharma.com.br










domingo, 23 de abril de 2017

Hidratação Caseira para ter os cabelos lisos e disciplinados

Existem diversas formas e produtos para hidratar e deixar o cabelo mais liso e disciplinado.
Além de serem receitas caseiras, são baratas e você pode fazer em casa, com produtos que já tem como o leite, maisena e açúcar.
Para ter o cabelo mais liso e disciplinado, é preciso separar esses ingredientes e hidratar muito o cabelo, principalmente se os seus fios estão agredidos por química, coloração e ações do ambiente.
Como fazer hidratação caseira

Para deixar o seu cabelo mais liso e disciplinado, você vai precisar de:
200 ml de leite
1 colher de máscara hidratante
1 colher de açúcar
2 colheres de maisena
1 colher de azeite

Modo de preparo:

Primeiramente misture a maisena com o leite até se dissolver por completo e leve ao fogo, mexendo bem até engrossar.
Adicione o azeite e a máscara hidratante de sua preferência.
Por último coloque o açúcar, ele ajuda a fechar as cutículas e dá mais brilho aos fios.
Lave o cabelo com shampoo transparente, esses costumam ser de limpeza profunda e ajudam a abrir as cutículas do cabelo.
Depois separe o cabelo em 4 partes, isso facilita a aplicação do hidratante caseiro.
Passe a mistura nos fios e enluve mecha por mecha, isso fará com que a absorção dos fios seja melhor e a receita tenha mais efeito.
Cubra os fios com uma touca plástica e deixe agir por 1 hora.
Para maiores resultados repita a hidratação pelo menos 1 vez na semana.
Dica extra: Se quiser você pode misturar o leite e a maisena direto no fogo, isso deixará a mistura mais consistente.
Dicas para manter o cabelo mais liso e disciplinado
Recomenda-se usar toda uma linha de produtos para o seu tipo de cabelo, desde o shampoo até o creme de pentear e finalizadores.
Os produtos para cabelos lisos ajudam a deixar os fios mais alinhados.
Na hora de pentear os cabelos use pente de madeira com dentes largos, isso evita a quebra dos fios.
Para secar os cabelos, use um protetor térmico e tenha calma e paciência.
A temperatura do secador deve ser sempre entre o morno e o frio, nunca o ar quente.
A chapinha deixa o cabelo mais liso e disciplinado após a escova, principalmente com o uso de silicones e óleos modeladores.
Abuse de produtos que protejam contra temperaturas altas e agressões do dia a dia.
Tomando esses cuidados fica mais fácil manter os fios naturalmente mais lisos.
Cachos modelados
Para manter seus cachos modelados, espalhe um creme próprio para o seu tipo de cabelo, a quantidade deve ser equivalente a uma moeda de R$1,00.
Com os cabelos ainda úmidos massageie os fios de cima para baixo com o auxilio de uma toalha.
Esse processo dispensa o secador e agride menos os fios.
Cabelos mais brilhantes
Use água de coco pelo menos uma vez por semana no último enxague da lavagem das madeixas.
A água de coco deixará o seu cabelo com o brilho bem mais intenso, e o resultado é fantástico.
Funciona também para quem tem os cabelos coloridos.
Tchau frizz
Para atenuar fios elétricos, utilize uma pomada, o efeito é simples e rápido.
Com um dos dedos peque um pouco de produto e coloque na palma da mão.
Esfregue as mãos para aquecer o produto e passe nos cabelos de forma uniforme, mesmo com os fios secos, isso ajudará a reduzir o frizz e diminuir o efeito armado.
Volume controlado
Os cremes para pentear ajudam e muito a redução do volume e mantém o cabelo mais liso e disciplinado, aplique sempre depois do condicionador.
Se seu cabelo tem muito volume, opte por ceras, que são mais pesados e conseguem controlar melhor o volume e deixar o frizz mais disciplinado.
Hidratação poderosa
Segundo especialistas, os cabelos devem ser hidratados pelo menos uma vez por semana, se o seu cabelo for seco, se ele for oleoso, a hidratação deve ser feita a cada 15 ou 30 dias.
Na hora de hidratar, o segredo é sempre usar um shampoo de limpeza profunda antes para que a hidratação penetre nos fios.
Depois disso é só lavar normalmente.
Para melhorar o efeito do condicionador é aplicá-lo mecha a mecha, enluvando durante a massagem. E assim você consegue um cabelo mais liso e disciplinado.


terça-feira, 18 de abril de 2017

Chá das Folhas de Manga - Benefícios e Propriedades

Além de produzir uma fruta muito saborosa, a planta conhecida cientificamente como Mangifera indica, pode ser usada também para produzir um chá com inúmeros benefícios quando usada como erva medicinal. Com porte elevado, a planta da família das anacardiaceae tem uma copa frondosa, e isso impede que outras plantas surjam e se desenvolvam ao seu redor. Com pequenas flores, a árvore produz um fruto que possui polpa suculenta e suave com variedades que podem ser de diversas cores, fibrosas ou não.
Originária da índia, a planta pode ter suas folhas colhidas em qualquer época do ano, mas o fruto deve ser colhido maduro. A planta se desenvolve bem em regiões com clima quente e úmido com períodos.


Se Preferir pode ver o Vídeo sobre os Benefícios e Propriedades do Chá das folhas de Manga


Propriedades e benefícios

O chá, além de trazer um sabor suave e refrescante possui propriedades medicinais que proporcionam melhorias em quadros de febre, doenças gastrintestinais, estomatite, tuberculose, gengivite e verminose. Além disso, de acordo com pesquisas que foram realizadas com pacientes contaminados com HIV, pode-se concluir que o chá proporciona o aumento do peso e a diminuição do conteúdo viral durante a terapia.

Com ação antioxidante, o chá da manga combate o envelhecimento precoce e a formação de células cancerígenas. Seu uso pode ser feito para auxiliar no tratamento contra o câncer, sendo mais eficaz em casos de câncer de mama e do cólon. O chá pode ser usado ainda para tratamento de bronquite, asma, tosse e afecções pulmonares.

Como preparar o chá?

O chá pode ser usado para obter os benefícios da fruta. É útil para aqueles que não gostam da fruta ou apresentam dificuldades digestivas após o consumo.
Para preparar o chá, você vai precisar de 1 litro de água e 1 colher de sopa das folhas de mangueira secas. Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Aguarde até que a água alcance o ponto de fervura e então desligue o fogo. Adicione ao recipiente com a água as folhas de mangueira e tampe, deixando abafado por um período de aproximadamente dez minutos. A dose indicada do chá é de duas a três xícaras por dia.

Como usar as folhas para preparar o chá?

As folhas podem ser colhidas em qualquer época do ano, e devem ser secas ao sol em um loca ventilado e livre da umidade. Armazene em sacos de pano ou de papel para a preparação do chá.

Contraindicações

Não foram encontradas contraindicações nas literaturas consultadas.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Benefícios do Limão Congelado para a Saúde


Por que o tratamento com limão congelado é tão benéfico?

Em primeiro lugar, iremos explicar tudo sobre a “terapia” com limão congelado. Muitas pessoas doentes de câncer costumam utilizar este remédio como “complemento” das suas sessões de quimioterapia. A razão disso se baseia em seu poder antioxidante para combater as células malignas e em sua capacidade para proteger as defesas naturais destes pacientes oncológicos, submetidos, como já sabemos, a um dos tratamentos mais agressivos que ataca gravemente o sistema imunológico.
Assim, é um tratamento muito adequado nestes casos. Porém, não podemos falar desta terapia como um remédio anticâncer 100% eficaz, pois, como dissemos, trata-se de um tratamento complementar que pode nos ajudar, nestes casos, a prevenir tumores e a compensar os efeitos da quimioterapia.

Entretanto, o poder anticancerígeno do limão congelado não é sua única virtude. Saiba mais a seguir!

1. Um tesouro natural de vitaminas

A casca do tem até 10 vezes mais vitaminas que o próprio suco! É realmente interessante saber que é na própria casca desta fruta medicinal onde se escondem seus melhores benefícios, que geralmente nos escapam quando não consumimos esta parte preciosa e a retiramos no intuito de obter apenas o suco.
Quer saber que tipo de vitaminas você encontrará com a terapia do limão congelado?
  • Peptina.
  • Vitamina C.
  • Flavonoides, como a Tangeritina.
  • Mais de 22 compostos diferentes, capazes de frear a oxidação celular.

2. Protege e reforça nosso sistema imunológico

É maravilhoso! A terapia com limão congelado pode combater muitas destas doenças quotidianas às quais somos expostos, como por exemplo, resfriados, infecções, gripes… Muitas pessoas preparam deliciosas infusões com casca de limão para combater estas doenças, porém é importante saber que ao cozinhá-la perdemos até 40% de suas propriedades. Em contrapartida, se a congelarmos conservaremos todos os seus benefícios e será mais fácil de consumir, além de ser deliciosa!

3. Limão congelado para emagrecer

Como a maioria das pessoas já sabe, é uma fruta muito adequada para depurar o organismo e, além disso, combater a presença de lipídios que dão origem ao colesterol ruim, e que se armazenam em nosso corpo na forma de gorduras. Segundo a nutrição explica, é conveniente consumir 75 gramas de limão por dia para ir perdendo peso de forma saudável, acompanhando este consumo sempre de uma dieta adequada. Que tal tentar?

Como preparar:

Preparar sua terapia com limão congelado é tão simples que você não poderá abrir mão desse remédio natural em seu dia a dia, e não apenas pelo fato de ser fácil de preparar, mas também por seu sabor e pelos pratos originais que será possível fazer a partir disso.
Ingredientes
  • 2 limões.
  • 1 ralador.
Modo de preparo
É fácil, basta colocar os dois limões no congelador e deixar durante todo um dia. Não tem segredo. Algumas pessoas preferem cortá-los em duas ou três partes antes de congelar, para poder ralar depois com mais facilidade, porém, o mais recomendável é congelá-los inteiros.

Veja o Vídeo de como preparar:


Como consumir os limões congelados?

Você pode optar por incluir o limão congelado e ralado em sua primeira refeição, ou seja, o café da manhã.


O  ideal é consumir 75 gramas de limão congelado por dia. Para isso, o que faremos será ralar a fruta completamente para depois consumir. De imediato você notará a fragrância natural da fruta, e terá a oportunidade de incluí-lo em seus pratos para dar um toque original e delicioso. Veja alguns exemplos simples de como pode consumi-lo:
  • Inclua 25 gramas de limão congelado ralado em um iogurte natural sem açúcar.
  • 25 gramas de limão congelado ralado em sua salada do almoço, que deve conter também espinafre, nozes, queijo fresco, pedacinhos de salmão e tomatinhos cherry.
  • Adicione limão congelado ralado a qualquer infusão fresca, como um chá verde gelado ou uma bebida natural de morango gelada, ideais para o meio da tarde.
  • O limão congelado também combina de forma excelente em qualquer salada de frutas que você fizer. Assim, uma opção saborosa, por exemplo, é preparar uma porção com uma rodela de abacaxi, três morangos, meio Kiwi, uma noz em pedaços e 25 gramas de limão congelado ralado por cima.
A técnica do limão congelado nos ajudará a aproveitar os benefícios da casca que geralmente jogamos fora. Lembre-se que, a partir de agora, já não terá desculpa. Sua família e você disporão de uma saúde “de ferro” graças a este remédio tão eficaz. Coloque hoje mesmo dois limões no congelador e aproveite!


terça-feira, 22 de novembro de 2016

11 Razões para Deixar de Consumir Laticínios

Afinal o leite de vaca faz mal à saúde? Que tipo de leite podemos dar aos nossos filhos? O leite de vaca hoje é igual ao de antigamente?
Saiba alguns dos inconvenientes e malefícios da maior parte do leite que está disponível no mercado e pense duas vezes antes de continuar a consumir regularmente lacticínios.

1. O Leite de vaca deveria ser para alimentar bezerros. Somos a única espécie (para além dos animais que domesticamos) que toma leite depois da infância. E garantidamente somos a única espécie que bebe leite proveniente de uma espécie diferente

2. Hormonas. Não só as hormonas naturalmente presentes no leite de vaca são mais fortes que as hormonas humanas, como também são dados a estes animais esteróides e outras hormonas para os fazer crescer mais rápido e aumentar a produção de leite. Estas hormonas podem afectar negativamente o delicado equilíbrio hormonal humano




3. A maior parte das vacas é alimentada de forma inapropriada. As rações para as vacas contêm toda a espécie de ingredientes tais como milho e soja geneticamente modificadas, restos de animais, sementes algodão, pesticidas e antibióticos

4. Os lacticínios, quando metabolizados, produzem ácido. O nosso organismo esforça-se permanentemente por um equilíbrio bioquímico a fim de manter os níveis do sangue em 7.365 pH. Comer demasiados produtos ácidos pode originar no nosso corpo excesso de uso nos mecanismos de equilíbrio de ácidos, o que prejudica os ossos. O cálcio é armazenado nos ossos e libertado para combater a acidez excessiva no corpo. Com o tempo, os ossos tornam-se frágeis.

5. Estudos demonstram que em países onde as pessoas consomem mais produtos lácteos, existe maior incidência de osteoporose.

6. A maior parte das vacas leiteiras vivem em espaços confinados, em condições desumanas, nunca vendo os pastos verdes que supostamente deveriam comer.

7. A maior parte dos lacticínios é pasteurizada a fim de matar bactérias potencialmente nocivas. Durante o processo de pasteurização as proteínas e enzimas são destruídas. As enzimas ajudam o processo digestivo. Quando são destruídas durante a pasteurização, o leite torna-se difícil de digerir, provocando um bloqueio no nosso sistema de enzimas.

8. Os lacticínios provocam mucosidades, contribuindo para problemas respiratórios e alergias de todo o tipo.

9. Investigações ligam os lacticínios à formação de artrite. Num estudo com coelhos o cientista Richard Panush conseguiu “produzir” articulações inflamadas em animais apenas substituindo água por leite. Noutro estudo, cientistas observaram mais de 50% redução de dores de artrite quando os participantes eliminaram leite e lacticínios da sua dieta.

10. A maior parte do leite é homogeneizada o que desnatura as proteínas, tornando-o difícil de digerir. Muitas pessoas reagem a estas proteínas como se fossem corpos estranhos, provocando uma reacção excessiva no sistema imunitário. Estudos ligam também o leite homogeneizado a doenças do coração

11. Os Pesticidas que se encontram nas rações das vacas conseguem chegar ao leite e lacticínios que consumimos
Significa que temos de desistir dos lacticínios de uma só vez? Não. Tome consciência que os lacticínios não são os alimentos saudáveis que a publicidade nos quer fazer acreditar.
Fique atento às características do leite que encontra no mercado. O leite de origem biológica e embalado de forma adequada é uma fonte de cálcio, proteínas, vitaminas e minerais cujo consumo é recomendável.

Gostou da matéria? Então por favor Compartilhe com seus amigos e se Inscreva no Canal e fique por dentro de muito mais!  Clique aqui: Luma Vergara

Beijos Obrigado e até a próxima Matéria!


Margarina - um "veneno" para a sua saúde!‏

Margarina - um "veneno" para a sua saúde!‏
A margarina foi originalmente fabricada para engordar perús. Mas quando os perús começaram a morrer por causa dela, as pessoas que tinham investido na sua pesquisa começaram a procurar uma utilização alternativa que lhes permitisse, no mínimo, recuperar o investimento.
Foi nessa altura que alguém se lembrou de juntar um corante amarelo àquela que era, até aí, uma substância branca, tornando-a mais apetecível para consumo humano e apresentá-la no mercado como um substituto da manteiga.
Mas será que sabe qual é realmente a diferença entre a margarina e a manteiga?


Vejamos:
- Ambas têm a mesma quantidade de calorias.
- A manteiga tem um pouco mais de gorduras saturadas (8 gramas contra 5 gramas da margarina).
- De acordo com um estudo da Harvard Medical, comer margarina pode aumentar em 53% as doenças cardíacas em mulheres, relativamente
àquelas que comem a mesma quantidade de manteiga.
A manteiga:
- Aumenta a absorção de nutrientes presentes em outros alimentos.
- Traz mais benefícios nutricionais do que a margarina (e os que a margarina tem foram adicionados artificialmente!).
- É mais saborosa que a margarina e pode melhorar o sabor de outros alimentos.
- Existe há séculos e a margarina há menos de 100 anos.

A margarina:


          - Triplica risco de doença cardíaca coronária...
          - Aumenta o colesterol total e o LDL (este é o colesterol ruim) e diminui o colesterol HDL (o   colesterol bom).
- Aumenta o risco de cancro em 500%.
- Reduz a qualidade do leite materno.
- Diminui a resposta imunológica.
- Diminui a resposta à insulina.
E, finalmente, a parte mais interessante e perturbadora:
A margarina está a uma molécula de ser... plástico. E possui 27 ingredientes que existem na................tinta de pintar.
Se não está convencido faça a seguinte experiência:
Abra uma embalagem de margarina e deixe-a aberta num local à sombra durante alguns dias. Vai poder constatar algumas coisas muito interessantes:
1.º Não há moscas! (isso deve querer dizer alguma coisa!!!)
2.º A margarina não mostra sinais de apodrecimento, decomposição ou alteração no cheiro.
3.º Não tem bolor. Nada se desenvolve ou cresce nela.
Ou seja, nem as moscas nem os mais pequenos microrganismos se interessam por aquilo. Não há ali nada de bom.
Porquê? Bom, porque a margarina é quase plástico.
Exclua este produto de sua vida. A sua saúde agradece.
Por favor, repasse esta informação para os seus contatos. A maioria das pessoas consome este produto inocentemente.

Gostou da Matéria? Então Compartilhe com Amigos e Se Inscreva no Canal
Clique aqui: Luma Vergara

Beijos Obrigado e Até a Próxima Matéria!! 
 

domingo, 20 de novembro de 2016

No Dia da Consciência Negra, relembre famosos que foram vítima de racismo




O Dia da Consciência Negra, celebrado neste domingo, não serve apenas para nos lembrar da relevância do povo africano na construção da sociedade brasileira, como para alertar sobre os casos (ainda) persistentes de racismo. O preconceito ainda não dá trégua, atingindo não apenas anônimos, como também famosos - como os casos recentes de celebridades brasileiras vêm confirmar.
Muitas dessas vítimas conhecidas foram alvo de racismo em publicações na internet e decidiram não se calar, denunciando o crime. A última vítima foi a pequena filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, Titi, de 2 anos. O ator esteve na última quarta-feira na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), na Cidade da Polícia, Zona Norte do Rio, para prestar queixa.
A delegada Daniela Terra investiga o caso, e garantiu que os culpados serão identificados e vão responder por injúria qualificada e pelo crime de racismo, previsto na Lei de Crime Racial. A pena é de um a quatro anos de reclusão.



Gaby Amarantos





A cantora Gaby Amarantos também deve tomar providências na Justiça por conta de mensagens preconceituosas em seu perfil no Instagram. A artista está sendo orientada pelo mesmo advogado de Bruno, Michel Assef Filho, e acha fundamental combater o racismo com justiça para evitar que outras pessoas passem por isso. Capa de uma revista, Gaby Amarantos foi atacada ao postar uma imagem da publicação no último dia 8. O perfil fake é o mesmo que ofendeu Titi na rede social da atriz Giovanna Ewbank.
Ludmilla


A cantora foi outa vítima do crime de racismo na internet. Em maio deste ano, Hélder Santos, de 31 anos, prestou depoimento e confessou ser o autor de publicações racistas sobre Ludmilla. Ele responde ao crime em liberdade.
Maju Coutinho



Quem também foi vítima do crime foi a jornalista do “Jornal Nacional”, Maju Coutinho, em julho do ano passado, dando origem à hashtag "SomosTodosMaju". O caso teve grande repercussão por ter sido praticado por um grupo articulado que planejou os ataques à jornalista. Em junho deste ano, quatro acusados foram denunciados pelos crimes de falsidade ideológica, racismo, injúria e corrupção de menores, além de formação de associação criminosa na internet. As penas variam de 7 a 20 anos de prisão.
Taís Araújo



Em novembro do ano passado, a atriz Taís Araújo foi alvo de comentários preconceituosos no Facebook. A polícia identificou os autores que eram de seis estados: São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Minas Gerais. Os autores das postagens chegaram a ser presos e foram indiciados. Uma onda de solidariedade à atriz comoveu o país, e a hashtag “#SomosTodosTaisAraujo” chegou a entrar na lista dos assuntos mais comentados em todo o mundo.
 
 

sábado, 19 de novembro de 2016

Massa de Pastel de Feira


Uma massa de pastel de feira, que você pode fazer em casa que fica muito gostosa. 
É esta deliciosa receita de massa de pastel que você vai aprender a fazer hoje. 
A massa de pastel é muito fácil de fazer, e quando é frita ela fica crocante e com um sabor delicioso. 
Esta massa de pastel de feira, você pode recheiar como quiser, com carne ou queijo ou com a sua imaginação mandar. 
Vamos lá, fazer esta saborosa receita de massa de paste de feira.



Receita de Massa de Pastel de Feira Fácil


Anote aí esta receita de massa. 

Ingredientes da Massa de Pastel de Feira:
3 xícaras de farinha de trigo (separar pelo menos uma xícara a mais para trabalhar a massa e dar o ponto)1 copo e meio de água (400 ml)2 colheres (sopa) de óleo (opcional)1 colher (sopa) de sal1 dose de pinga (50 ml)

Modo de preparo  da Massa de Pastel de Feira:
1- Misture bem a farinha com o sal.  
2- Abra um buraco no meio da farinha e jogue, aos poucos, a água, incorporando-a à farinha com as mãos num bowl fundo ou numa mesa lisa. Se quiser dar uma liga a mais na massa, adicione as colheres de óleo.  
3- Acrescente a cachaça e continue misturando bem a massa.  
4- Sove a massa, em uma superfície lisa, polvilhada de farinha, até que fique homogênea e pare de grudar nas mãos. 
5- Deixe a massa descansar por 15 minutos coberta com pano úmido ou plástico filme.  
6- Abra a massa com a ajuda de cilindros – é mais fácil – até a espessura mais fina que conseguir, sem que ela massa quebre; se não tiver a máquina, um rolo faz também a função.  
7- Corte a massa já aberta com uma faca com até 30 cm de altura e 10 cm de largura, para ficar do tamanho de um pastel de feira.  
8- Recheie a massa, ocupando no máximo metade do espaço, dobre a massa e feche as bordas com a ajuda de um garfo.  
9- Depois de montar os pastéis, leve o quanto antes ao óleo quente para fritar.

Bom Apetite!

Gostou da receita? No canal tem muito mais...inscreva-se! Clique aqui: Canal Luma Vergara



terça-feira, 15 de novembro de 2016

Bolo de Pão de Queijo Simples

Bolo de Pão de Queijo Simples

Ingredientes:

3 ovos inteiros
3 xícaras (chá) de polvilho doce
1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de óleo
1 colher (café) de sal
150 g de queijo parmesão ralado (pode ser parmesão fresco, fica mais gostoso)
1 colher rasa (sopa) de fermento em pó




Preparo:

Preaqueça o forno em 180ºC por 20 minutos
Unte a forma (com furo no meio) apenas com óleo
Bata no liquidificador os ovos, o leite, o óleo
Em uma vasilha, misture aos poucos, o polvilho e o queijo, mais o que foi batido no liquifiicador, assim feito
Coloque o fermento e mexa devagar
Asse em forno a 180°C por mais ou menos 30 minutos.
Gostou da receita? Tem muito mais no canal https://www.youtube.com/user/vergaraish
Inscreva-se e Compartilhe
Beijos e Obrigado!!